Militei é o suficiente?


A palavra militância tem origem etimológica do latim “militaris”. Em essência, a ideia representa estar nos lugares de maior dificuldade. Ou seja, quem milita não pode fazê-lo através das palavras, mas precisa realizá-lo essencialmente através da ação e do seu exemplo de vida.

Atualmente temos em nossas redes sociais como twitter, facebook, instagram, entre outras, uma onda conhecida como política do cancelamento. Você já deve ter ouvido falar sobre alguém que foi cancelado na internet, não é?



Esse movimento começou, segundo informações apresentadas pela BBC, há alguns anos como forma de chamar atenção para causas sociais como justiça social e preservação ambiental. E como isso foi se desenvolvendo?

Quando alguém testemunha virtualmente algum ato que considera, por seu crivo pessoal, errado, tem a liberdade de cancelar a pessoa que cometeu. Ou seja, de assinalar este erro publicamente, inúmeras vezes através de insultos, postagens, unfollows ou unlikes, gerando posts com o registro do que houve de forma viral, multiplicada para contas influentes e tomando proporções às vezes difíceis de controlar.

Mas, a questão que queremos colocar aqui é a seguinte: aqueles que cancelam outros na internet, por acaso não cometem erros? São exemplos impecáveis de conduta? E os que são cancelados, não podem ter a oportunidade de se redimirem de seus erros ou a possibilidade de se defenderem?


Veja bem, não queremos justificar erros que ferem os direitos humanos cometidos por pessoas que foram canceladas na internet. A questão que queremos trazer aqui está ligada a uma Virtude chamada Responsabilidade, o famoso: “e eu com isso?”.


Vamos refletir: O que será que o nosso mundo precisa? De pessoas que apontam os erros? Ou de pessoas que apresentam soluções? E apresentar soluções, se faz apenas com as palavras ou através da conduta? Nossa constituição é bela e praticamente impecável e isso por si só nos proporciona um país justo? É evidente que não.

O problema não são as leis ou o desconhecimento do que é correto, mas a nossa dificuldade Humana em construir uma coerência de conduta em conformidade com as Leis Universais como o Amor, o Respeito ao próximo, a Integridade, a Justiça e a Bondade.


Existe uma ideia do filósofo Kant que diz: atue de tal forma que a sua ação possa se tornar uma Lei Universal. Ou seja, reflita antes de agir e considere que o que você fizer deve ser Justo e Bom para toda a Humanidade. Assim, sempre se questione: Se todas as pessoas fizessem o que eu estou pensando em fazer, isso iria gerar mais União e Bem para todos? Se sim, isso deve ser repetido, caso contrário, mude. Precisamos considerar que o nosso exemplo de vida é capaz de mudar o rumo da história e de todos os cenários de injustiça, independente do âmbito inserido.



Dizem os grandes estudiosos sobre liderança que, os melhores líderes não são aqueles passivos que chicoteiam seus funcionários, que fazem coisas diferentes das que exigem. Mas aqueles que seguem à frente, que dão o exemplo e que por isso, arrastam os demais consigo.


Nosso desejo é que todos os militantes de internet não fiquem presos em seus computadores, mas que militem no mundo real. Não por palavras, mas como verdadeiros líderes, capazes de reforçar o positivo neles mesmos e nos demais, pois quando miramos no sol, as sombras ficam para trás. Que sigamos o exemplo de Gandhi que diz: “Você tem que ser o espelho da mudança que está propondo.” Se eu quero mudar o mundo, tenho que começar por mim!


Posts Relacionados

Ver tudo
DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Siga essa Idéia
Você também vai gostar

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)