Fome de poder: o nascimento da McDonald’s, entre a oportunidade e a esperteza



Um velho ditado diz que quando a oportunidade passar na sua frente, você deve pegá-la pelos cabelos. Isso significa, em síntese, não desperdiçar os momentos da Vida, não deixar passar aquele momento que pode mudar a sua Vida para sempre, mas que na maioria das vezes, por falta de visão, acaba escapando. Na Grécia Antiga havia um Deus que representava essa ideia. Kairós era seu nome e sua imagem era a de um jovem que tinha cabelos na parte frontal da cabeça e todo o resto era careca. Talvez seja daí que venha a origem do ditado, uma vez que não se pode pegar Kairós após ele passar, pois não há cabelos em sua nuca. Mas por que falarmos de oportunidade?



Seria injusto falar de Ray Kroc sem refletirmos sobre a ideia de oportunidade. Para os que ainda não o conhecem podemos falar que Ray Kroc foi o homem que transformou a McDonald’s na multinacional que é hoje em dia. Entretanto, antes de conhecermos o seu presente é necessário entendermos sua história antes de chegar ao topo da maior empresa de fast-food do mundo.


Ray Kroc era um humilde vendedor ambulante de máquinas de milk-shake por volta do ano de 1954. Sua vida começou a mudar quando ficou intrigado ao receber uma alta quantidade de pedidos de uma lanchonete em San Bernardino. Ao investigar sobre o estabelecimento, descobriu que se tratava de um restaurante gerenciado por dois irmãos de nome Maurice e Richard McDonald. A qualidade do produto e a agilidade no atendimento chamaram a atenção de Ray, que insistiu em participar dos negócios dos irmãos McDonald. Até então o restaurante era apenas um pequeno estabelecimento em uma cidade dos Estados Unidos e não havia intenção de expansão. Ray Kroc sugeriu e começou a operar nesta área, junto aos irmãos McDonald, abrindo franquias em outras cidades americanas.



Nesse momento começa a controversa história de Ray com os irmãos McDonald. A expansão da rede fez com que Ray controlasse as operações, uma vez que ele negociava com os franqueadores. Com o tempo, a partir de algumas manobras administrativas, ele forçou os irmãos McDonald a venderem a marca e assim tornou-se o proprietário da The McDonald’s Corporation.


O filme “Fome de poder”, em inglês “The founder”, retrata a História de Ray Kroc e dos irmãos McDonald. Os irmãos, no fim, alegam que Ray não cumpriu parte do acordo que firmaram, porém não tinham documentos para provar a irregularidade cometida pelo ex vendedor ambulante. A polêmica ao redor de Ray Kroc gira em torno da seguinte questão: até que ponto ele teve senso de oportunidade ou sua manobra foi meramente desleal?



Para além da polêmica, o filme nos leva a refletir sobre como podemos observar uma chance de negócio onde, em geral, as pessoas não conseguem ver. Esse senso de oportunidade, que pode ser traduzido como a percepção objetiva de uma situação e suas consequências, pode gerar grandes mudanças na nossa Vida. O que se torna questionável dentro da história vivida por Ray Kroc e os irmãos McDonald é até que ponto devemos ir para plasmar a oportunidade que vimos.


A resposta está, naturalmente, na Ética. Uma antiga frase diz que “a moral nos impede de fazer o que a lei permite”, ou seja, existem situações que se nos basearmos apenas pelo que demanda a lei poderemos cometer atos que vão de encontro aos nossos Princípios. Por exemplo: por muitos séculos, em nosso país, a lei permitia a escravidão. Esse fato não torna o ato de escravizar outros Seres Humanos moral ou correto. Devemos compreender que para aquele contexto histórico era uma atitude permitida, logo, dentro da lei, mas nossa conduta Humana não poderia, em princípio, achar a escravidão algo comum e correto. Essa percepção de que “nem tudo que está na lei é, necessariamente, moral” marca a diferença entre a legalidade e a moralidade: legalidade é aquilo que a lei permite, de acordo com os costumes de um povo em determinado período histórico. A moralidade, porém, trata dos Valores Atemporais que podemos nos basear em nossa conduta Humana. Quando observamos a História, seja a nossa enquanto Indivíduos ou enquanto sociedade, percebemos que nossas maiores falhas ocorreram quando não soubemos distinguir o que é legal do que é moral: escravidão, holocausto, apartheid, todos são exemplos de que a legalidade não garante, por si só, uma Vida Moral.



Portanto, seguindo essa lógica, mesmo que, legalmente, Ray não tenha infringido nenhuma norma escrita e que tenha feito todo o processo segundo as leis dos Estados Unidos, é questionável, certamente, o modo que ele utilizou para conseguir a expansão e o controle da rede McDonald’s. Muitos o consideram astuto e com um senso de oportunidade excelente, porém, essas habilidades, quando não precedidas por um senso moral, naturalmente nos leva a um caminho em que os fins justificam os meios. O resultado desse processo, para os irmãos McDonald’s foi desastroso. Não do ponto de vista financeiro, uma vez que ainda conseguiram dinheiro com a venda, mas perderam seu restaurante, sua receita para o sucesso e saíram, ao fim, sem receber o que lhe fora prometido por Ray.



O filme “fome de poder”, portanto, nos apresenta esses dois lados de Ray e deixa o espectador retirar as lições de empreendedorismo e visão que ali estão. Seu senso de oportunidade foi fundamental para a virada em sua vida, entretanto, nem sempre os caminhos escolhidos são os mais nobres. Desse modo, cabe-nos refletir sobre como queremos vencer nossos desafios: será que, no fim, obter o sucesso a todo custo nos realizará? É com essa pergunta que deixamos a recomendação de assistir o filme “Fome de poder”, para que possamos refletir sobre nós mesmos a partir de uma das histórias mais controversas do mundo empresarial. Que possamos, de maneira objetiva, discernir entre os elementos positivos e negativos nas atitudes desses homens, e assim nos inspirarmos para trazer esses ensinamentos para a nossa Vida.



DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Siga essa Idéia
Você também vai gostar

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)