Energia - O Que Une Todos Nós

September 29, 2020

 

 

A energia é um princípio que move tudo o que existe e tudo o que acontece no mundo. A Vida só acontece se tiver energia. Todo trabalho pressupõe alguma fonte energética. Inclusive a própria palavra “energia” vem do grego que significa “dentro do trabalho”. Um carro, por exemplo, só entra em movimento se alguma energia estiver sendo consumida, nesse caso, em geral, a energia vem da queima de combustível: gasolina, álcool, óleo diesel ou gás, a depender do tipo do veículo. As antigas locomotivas eram movidas à vapor, através da queima da madeira ou do carvão mineral. Já a maioria dos eletrodomésticos, geladeira, liquidificador, ferro de passar roupa, etc., são movidos à energia elétrica.

 

 

 

 

Computador, smartphone, impressora, todos esses equipamentos funcionam à base de energia elétrica que é transformada em outros tipos de energias. Sendo assim, percebemos que tudo que se move neste mundo manifestado se move graças à algum tipo de energia. O planeta gira em torno do seu próprio eixo e ao mesmo tempo descreve uma órbita elíptica em torno do Sol. Todos esses movimentos somente são possíveis graças às energias específicas utilizadas para cada trabalho. Desde as grandes civilizações até o nosso corpo, tudo é movido por energia. Cada batimento cardíaco, cada estrela que brilha no céu, o movimento das águas do mar, o bater de asas de uma borboleta, o vôo rasante de uma ave de rapina, ou seja, toda a marcha da Vida acontece da transformação das energias. Independente da forma, térmica, geotérmica, solar, hidráulica, eólica, nuclear, entre outras, a energia é um princípio que faz todas as coisas acontecerem no mundo concreto e dentro de cada um de nós.

 

 

Os filósofos antigos sabiam que todas as coisas que aconteciam no mundo partiam de algum elemento Unificador. Alguns chegaram a defender que esse elemento seria a terra, outros, que seria a água, o ar ou o fogo, até que no século VI a. C., um filósofo grego chamado Anaxágoras começa a defender a ideia de que deveria existir na Natureza algum tipo de “força” ou de “energia”, o que ele chamou de nous, que estruturava e ligava todas as infinitas variedades de matérias, ou seja, tudo o que existe. Esse olhar de Anaxágoras, ao longo de milênios só vem se sofisticando com novas descobertas. Em 1777,um cientista francês, chamado Antoine Lavoisier, considerado o pai da química, afirmou que “na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.” No mesmo sentido, caminharam as descobertas de Einstein, que formulou a famosa equação E=mc²,  onde demonstra que  massa e energia eram faces da mesma moeda. Ou seja, nenhuma massa é perdida, mas sim transformada em energia.

 

 

 

Esse olhar profundo para a energia, seja pelos filósofos, pelos químicos ou pelos físicos, nos leva a perceber que neste mundo manifestado tudo está de alguma forma interligado. De várias formas diferentes que tentemos observar, chegaremos à mesma conclusão: todas as coisas existentes são apenas diferentes formas de manifestação desta mesma energia primordial. Você, eu, o seu vizinho e todos os Seres Humanos, todos surgimos da mesma origem. E não somente os humanos, mas também todas as formas de Vida, as estrelas, os planetas e as galáxias. E assim, tudo o que se produz, toda a matéria, todos os acontecimentos e fenômenos se conectam pela mesma lógica de transformação de energia. Nossa mente limitada é que constrói uma falsa impressão de separatividade. Pensamos, equivocadamente, que as coisas estão separadas. Perdemos a visão da Unidade, criamos facções, polarizações, subestruturas sociais, como se isso fosse possível. A Humanidade inteira é um corpo único. Todos os fatos históricos, todas as etnias, formas religiosas, concepções das mais diversas, todos os fenômenos, somente são possíveis porque há um princípio de energia que tudo gera, que faz todas as coisas acontecerem.

 

 

 

Onde houver trabalho, há energia e essa energia nos remete à Unificação de tudo que existe. Um olhar sério para essa evidência unificaria toda a Humanidade. Se conseguíssemos alcançar a percepção consciente desse nexo invisível entre tudo o que existe, não seríamos tão apáticos uns com os outros. Uma descoberta nesse nível nos conduziria a um estado profundo de Empatia dos Homens entre si e dos Homens com todos os Seres que existem. 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)