Apolo, Luz e Sombra

September 1, 2020

 

Tudo na Vida tem seu ciclo: nasce de uma necessidade, chega ao seu apogeu e depois se degenera. Assim como muitas ideias e palavras, os mitos hoje em dia parecem ter diversos significados, e às vezes podem até parecer narrativas vazias e sem importância para nós. O “Mito de Apolo”, um dos principais Deuses do panteão grego, geralmente desperta nosso interesse somente por mera curiosidade intelectual. Mas a verdade é que o Mito deste Deus “sem polos”, Uno, da Luz, da Medicina, da Harmonia, das Artes e dos Mistérios guarda muita Sabedoria, e pode nos ensinar elementos importantes sobre a Vida, se buscarmos nos conectar com seu profundo significado.

 

 

 

 

Nossa dificuldade atual em entender estas tradições da Humanidade reside no fato de termos perdido muito da linguagem simbólica da Vida. Por exemplo, para nós, uma flor é só uma flor. Mas podemos vê-la também como um símbolo do carinho e do cuidado da pessoa que preparou o arranjo. Ou podemos perceber a Vontade que se manifestou na planta, desde quando ela era uma semente e vencia a terra, até a sua realização como uma Bela flor. Se buscarmos enxergar o que há por trás das coisas, novamente teremos chances de entender profundamente a Vida e desta forma, aprender com o legado de civilizações tão Belas, como por exemplo o Mito grego de Apolo.

 

 

 

 

Uma das versões mais aceitas para o significado do nome Apolo veio do filósofo Plotino - “o sem polo” - ou seja, sem dualidades, aquele que alcançou uma Unidade Interna, que conseguiu superar a guerra dentro de si entre o que é realmente próprio do seu lado mais Bondoso, Justo, Harmonioso, e aquilo que é mais grosseiro e irrelevante.

 

 

 

Neste vídeo que compartilhamos, é contada a história de como Apolo, irmão gêmeo de Ártemis, nasceu de sua mãe Leto e é fruto de uma relação adúltera dela com Zeus. Desde antes de seu nascimento, ainda no ventre de Leto, os gêmeos e a mãe são perseguidos pela gigantesca serpente Píton, que nasceu das profundezas da terra. Após muito tempo de fuga, Leto encontra abrigo e proteção em uma ilha, e lá, após longos dias sofrendo dores do parto, nascem os gêmeos.  Apolo, logo após o nascimento, é banhado e cuidado por várias Deusas, e após comer a ambrosia, fruto sagrado da imortalidade, ele se torna um homem adulto. Neste momento, ele reivindica os presentes de seu pai: um arco e uma lira de sete cordas, e assume a missão de comunicar aos homens a Vontade de Zeus.

 

Na sua jornada, ele busca um local para construir o seu templo e procura encontrar aqueles que seriam os sacerdotes e sacerdotisas responsáveis por trazer à Terra as mensagens dos Céus. Após uma difícil luta, ele mata a terrível serpente Píton, e naquele mesmo local, decide construir  o seu templo, o Oráculo de Delfos. 

 

À primeira vista, os Deuses gregos podem parecer personagens mesquinhos, vaidosos e depravados, porém os mitos não podem ser interpretados de uma maneira literal. Inúmeros são os símbolos aqui que só podemos entender com a Intuição, com algo além da nossa mente racional. Zeus como Deus pai de todos os outros é representado como adúltero pois precisa dar Vida a todas as coisas, estar em todas as coisas, por essa razão, não pode ser entendido de forma superficial.

 

 

Todo o curta nos mostra as provas que Apolo passa para conseguir compreender o significado da Sabedoria, o que é mais válido, o que é seu dever, o que se espera dele como um Ser Elevado e Consciente, o que é Luz e o que é sombra.

 

 

 

 

Suas viagens e dificuldades no caminho, a imensa cobra Piton que o perseguia, a necessidade de fundar seu templo, o famoso Oráculo de Delfos, todos estes elementos são símbolos para as guerras internas contra suas próprias debilidades e sua escolha consciente pela Luz. Depois de todas as suas “batalhas” consigo mesmo, ele pode por fim servir à Humanidade, compartilhando sua Sabedoria. “Conhece-te a ti mesmo e conhecerás os Deuses e o Universo”, é a máxima escrita na entrada do Oráculo.

 

 

 

Para nós, este é um grande exemplo que nos ensina que durante a Vida teremos também nossas próprias dificuldades, nossas próprias cobras Píton, mascaradas de problemas de convívio, de indisciplina, de egoísmo, de falta de perseverança. Mas podemos encará-las como oportunidades de conhecer a nós mesmos, como provas para vencermos e conseguirmos chegar ao melhor de nós mesmos. Somente desta forma, poderemos dar melhores respostas para a Vida e ajudar os outros Seres Humanos em suas trajetórias.

 


 

 



 

Além dessa diversidade de idéias que o Mito traz, o que fica evidente é que o dom de Apolo é sempre dar a luz que ilumina a inteligência, a luz que cura as almas e aparta os males morais, a luz que purifica e também a luz que renova tudo o que existe, tudo o que Vive. Este é o significado de Apolo, a Luz da Primavera que dá um novo vigor a tudo que vive e canta na Natureza. Apolo nos ensina então a olhar para dentro de nós e saber escolher por essa luz interna que todos nós temos, escolher pelo Amor, pela Bondade e pela Justiça.



 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)