O Cãozinho Que Nos Ensina Sobre Convivência

April 21, 2020

 

 

Convivência não é nada fácil… Entender o ponto de vista do outro pode ser uma das tarefas mais difíceis dentro da convivência, assim como, provavelmente, é a melhor solução. Saber se colocar no lugar do outro nos permite ver a vida a partir dos seus olhos, e com isso, entender porque aquela pessoa se comporta daquela forma, porque ela tem aquela crença, porque ela tem aqueles medos. Diante de um conflito de convivência, ou até mesmo um diálogo, se soubéssemos nos reposicionar e tentar entender porque a outra parte vê daquele jeito, não só desenvolveríamos mais compaixão e ficaríamos menos egoístas, como também brigaríamos muito menos com as pessoas à nossa volta. 

 

 

A animação de Kyra e Constantin, com o cãozinho Joy, ilustra essa realidade. Joy e seu dono partem para uma tranquila pesca até surgir uma garça que atrapalha os planos. A ave deseja o balde de minhocas, e Joy com toda sua bravura tenta defender, porém com tamanha desproporção entre os dois, o cachorro acaba sempre perdendo a batalha, e ainda leva uma bronca de seu dono, que estava tão concentrado na pesca que nem viu o que se passava. 

 

Quantas vezes não fazemos o mesmo? Assim como o pescador, passamos um olhar rápido pelas situações sem estar verdadeiramente atentos a elas, acabamos por julgar errado as pessoas com suas condutas e já assumimos que elas estão agindo errado, quando muitas vezes elas fazem tudo pelo nosso bem.

 

 

Joy permanece revoltado com a garça até se deparar com uma realidade que estava fora do seu campo de visão, a ave tentando alimentar seus filhotes. Toda a implicância e ousadia dela não era por ela mesma, mas para sobrevivência dos que dependiam dela. Quando o cãozinho se coloca em seu lugar, muda completamente a conduta. E agora ele não guarda mais o balde de minhocas, e sim distribui todas para a garça, sem nem considerar que isso poderia prejudicar a pescaria. Com a consciência tranquila, o cãozinho relaxa até ser surpreendido pela retribuição da garça. Tudo o que ela ganhou em minhocas, retornou em peixes, e a pescaria do dono foi muito mais proveitosa do que o esperado.

 

 

Na vida nós podemos ser todos os personagens desta animação, o pescador desatento, o cãozinho briguento, a garça empenhada ou os filhotes necessitados. Como bem sabemos, tudo é muito dinâmico e a vida passa sempre por constantes movimentos. Hoje podemos assumir a posição do pescador, já amanhã seremos a garça, não temos nenhuma garantia do que está por vir, por isso temos que desenvolver essa visão mais ampla do que se passa à nossa volta.

 

Precisamos aprender a ver a realidade dos outros, e não só a nossa. É preciso considerar as dificuldades e limitações dos que convivem conosco, considerar que nem tudo é o que aparenta ser, muitos passam por dificuldades ou simplesmente querem nos ajudar e acabam se atrapalhando, mas não cometem erros por maldade. Talvez, esse lembrete diminua nossos julgamentos e  nossos falsos testemunhos a respeito dos outros. 

 

 

 

Este curta, além de nos alegrar, nos lembra de lições muito importantes. Nós vivemos em um contexto social em que é disseminado o costume de julgar, ao invés de tentar ajudar e compreender. Quando ajudamos o próximo, por puro sentimento de dever, sem esperar nada em troca, sempre há ganhos próprios, seja material, seja espiritual. Afinal, a sensação de dever cumprido é um dos maiores ganhos que um ser humano pode ter.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)