O Código Secreto do Dinheiro

February 25, 2020

 

 

Quer saber quem você é? Quer se conhecer melhor? É simples, observe na sua própria vida, quais são os elementos que você dá valor.

 

Quais atividades você não abre mão na sua rotina? Quais ideias você mais concorda? Em que você gasta o seu dinheiro?

 

Não existe forma mais “prática” de reconhecer o que mais valorizamos do que olhando com o que mais gastamos nosso dinheiro. Alguns será com roupa, outros com esportes, livros, cinema, comida, viagem, shows… O valor “monetário” que eu atribuo às coisas demonstra o grau de importância que dou a elas.

 

Ou você nunca se questionou como uma pessoa pode dar R$2.000 numa única peça de roupa? Enquanto outra pagará R$2.000 numa cadeira para seu escritório, outra numa tatuagem e outra num Apple watch. Bem, o dinheiro é de cada um, e todos temos direito de usá-lo sem dever satisfações a ninguém, mas podemos refletir um pouco sobre como o usamos.

 

Tudo à nossa volta envolve dinheiro. O computador que uso para escrever esse texto, o celular que você usa para ler e a internet que nos rodeia, dependem do dinheiro.  Querendo ou não, ele ocupa um grande espaço na nossa mente e em nossas vidas, mas qual seu real valor? 

 

Imagine um homem que vive numa ilha deserta, ou um indígena que vive no interior da Floresta Amazônica, se entregássemos uma nota de R$50 para eles, teria algum valor? Se o índio permanece em sua tribo e o homem na sua ilha, para que eles usariam os R$50? Não teria a mínima utilidade. É um bom exercício de imaginação para fazermos de vez em quando, por incrível que pareça nem sempre o dinheiro será útil para o homem. Temos que relembrar, sim relembrar, pois sabíamos disso e esquecemos, que o dinheiro não tem um valor em si, ele é um símbolo de valor, e que só podemos usá-lo se outra pessoa também reconhece aquele símbolo.

 

O vídeo abaixo, do Nerdologia, dá uma boa explicação sobre o que garante valor a uma nota de dinheiro:
 

 

 

 

Bem, e sem considerar o dinheiro e as coisas que ele pode comprar, damos valor a mais o que? 

 

Certa vez, um filósofo disse que tudo na natureza é simbólico, ou seja, que tem um significado por trás, uma ideia a ser revelada. Por consequência, nós também. Somos símbolos de nós mesmos, tudo que fazemos e acreditamos refletem quem verdadeiramente somos em nossa essência. A nossa vida é simbólica. 

 

Talvez descobrindo quais são as nossas crenças e opiniões, consigamos decifrar alguns símbolos de nossas vidas, e descobrir quem somos de verdade. Quando foi a última vez que abri mão de uma opinião? Quantas vezes neste ano aprendi algo inteiramente novo?  Eu acredito num mundo melhor? Sinto entusiasmo para mudar ou me sinto engessado por dentro? 

 

Isso sim é o que devemos dar valor, às ideias. Ideias que nos movimentem positivamente, que nos tornem seres humanos melhores, dispostos a aprender e a nos transformar. 

 

Dando mais valor às grandes ideias do que ao dinheiro, será que não mudaríamos o mundo? Vale a pena fazer o teste! 

 

 

 



 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)