Origens do Halloween

October 31, 2019

 (Créditos: Boa Matéria)

 

De onde surgiu a tradição de se vestir de monstro e ir às ruas pedindo doces? Qual a cultura que originou esta data? Dia das bruxas, dia dos mortos, dia de finados… É tudo a mesma coisa? Vamos refletir um pouco sobre as origens do halloween!

 

Esta data tem origem com a cultura celta que celebrava no dia 31 de outubro o fim do verão. Muitas tradições antigas relacionavam o verão com a vida e o inverno com a morte, então uma forma de prestigiar o Deus da Morte e a chegada do inverno era com esta celebração que durava 3 dias, encerrando no dia 02 de novembro, o que coincide com o nosso dia de finados. Nesta celebração, os celtas faziam festas, comemorações e se vestiam de mortos.

 

Com o tempo e expansão do Cristianismo, o Papa Gregório III fez uma mudança no calendário cristão e colocou o Dia de Todos os Santos para 01 de novembro. Daí surge o dia “Hallow’s Eve”, véspera do dia de todos os santos, que seria 31 de outubro.

 

(Créditos: CVC)

 

Até então estas datas eram com finalidades religiosas e exclusivas da Europa. Depois de muitos anos, por volta do século XVIII os Irlandeses levam a tradição para os Estados Unidos, e a partir daí essa fusão de culturas origina o Halloween como conhecemos hoje, com as abóboras, fantasias de monstros e zumbis e o famoso “gostosuras ou travessuras?”. É uma data levada a sério pelos americanos, sendo a segunda data mais lucrativa do ano no país, só perdendo para o Natal! Nossa cultura ainda abraçou um pouco das festividades, de forma descontraída, de modo que escolas, bares, pubs fazem algumas festas de Halloween, mas nada que envolva toda a população. Curiosamente, no nosso calendário, dia 31 de outubro é o dia do Saci! Talvez uma forma de valorizar o folclore ao invés de abraçarmos a cultura estrangeira, mas que na prática é uma data esquecida e não comemorada. Se fizermos uma comparação, o envolvimento do americano com o Halloween seria o mesmo do nosso com o carnaval!

 

Mesmo não comemorando o dia das bruxas, as culturas cristãs rememoram a morte na mesma época, dia 02 de novembro, que é o dia de finados. Curiosamente, a forma como lidamos com este dia no Brasil é oposta à forma mexicana. Por aqui é um dia triste, fúnebre, de saudades. No México, o Dia de Los Muertos é uma verdadeira festa! As famílias vão aos cemitérios, cantam, levam comidas, flores, limpam e decoram os túmulos. É um dia de comemoração, pois é o dia em que uma ponte é construída entre os dois mundos, e as almas podem ficar perto dos seus familiares novamente. 

 

(Crétidos: Doando Saber)

 

Uma mesma data, diferentes formas de encará-la. É curioso ver como as tradições abraçavam a morte, ao invés de rejeitá-la. Na verdade, nada mais é do que viver de acordo com as leis da Natureza. Colocar um dia no calendário, fazer uma celebração em homenagem ao Deus dos Mortos, ou aos que morreram, é uma forma de colocar este fato na consciência. Mostrar que há uma aceitação e compreensão do processo, uma percepção do ciclo da vida.

 

Não importa se no dia 31 de outubro nos vestiremos de monstro, bruxa ou zumbi, ou se vamos sorrir ou chorar no dia de finados, mas que reflitamos se estamos construindo uma bela e justa história com nossas vidas, para que nossos antepassados possam se lembram de nós quando estivermos celebrando o Dia dos Mortos do lado de lá da passagem.

 

 

(Créditos: Canção Nova - Formação)

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)