Wings (Asas)

October 11, 2019

De acordo com uma das definições de Bondade, podemos dizer que ela é a qualidade de quem tem alma nobre e generosa, e é naturalmente inclinado a fazer o Bem. É uma virtude que pode ser praticada por qualquer um, independente de classe social, religião ou educação. É preciso apenas que haja interesse em exercitar, e assim, ao praticá-la, nos tornamos responsáveis pela construção do nosso caráter e da humanidade, já que nossos atos fazem parte do todo. Como dizia Epíteto: “A bondade é o meio em si mesmo. É a prática e a recompensa inseparáveis”. 

Atos generosos, mesmo que sejam pequenos, são capazes de mudar a vida de alguém. Não tenhamos medo de cultivar essa virtude. Às vezes, por experiências passadas desagradáveis, nos bloqueamos para as próximas oportunidades que a vida nos traz de praticar o bem. Cada indivíduo tem necessidades diferentes e outras formas de encarar as situações impostas na vivência. Precisamos nos colocar na posição que o outro se encontra e buscar uma melhor forma de cuidar de quem nos cerca. 

 

 

Um curta animado chamado Wings (“Asas”), de Cassey McDonald, nos faz refletir sobre a bondade, generosidade e amizade. O vídeo narra a história de um rato que possui um enorme desejo de voar. Ao caminhar pela chuva, ele se depara com um pássaro que não consegue alçar voo porque sua asa ficou ferida e presa em uma armadilha. Imediatamente ele vai até o pássaro para roer a linha que o prende, sem se intimidar com seu tamanho e decide levá-lo até sua casa para que possa prestar o socorro necessário. Como um bom anfitrião, ele faz o curativo e passa a se dedicar a recuperação do seu mais novo amigo. Um tempo se passa e a amizade é crescente. O ratinho percebe que outros pássaros são livres e voam, pois essa é a natureza deles. Ao mesmo tempo, o seu amigo se recupera de sua asa quebrada e então se prepara para voar. Com isso, o pequeno rato percebe que já era hora de seu amigo seguir o seu caminho e viver a sua essência, o que desperta nele uma mistura de felicidade e medo do abandono. Esse medo é muito comum, é o medo de fazer algo por alguém e não ser retribuído, como se gerasse algum tipo de dívida para a pessoa que está sendo ajudada e ela tivesse a obrigação de ficar para sempre ao nosso lado. No entanto, isto é um equívoco, não devemos fazer algo esperando sermos recompensados por quem ajudamos, o sentimento de quem ajuda, já deve ser o bastante.

 

Você acha pouco ter a capacidade de mudar a vida de alguém? No filme, o ratinho não é abandonado, pelo contrário, o sonho dele é realizado, e finalmente ele pode voar. Ele nunca poderia ter se realizado se não fosse através do outro. Isso pode acontecer com qualquer um, basta se permitir. A bondade é própria do ser humano.

Marco Aurélio, filósofo estoico, relata que “de cada pessoa que conheceu, aprendeu alguma virtude aplicável”. Que possamos reconhecer e aplicar as virtudes em nossas vidas. Que tenhamos coragem para iniciar essa prática. Bondade gera bondade. Gentileza gera gentileza. Então, vamos colocar isso em prática! Também sejamos generosos e leais, como no curta citado. E que nossas atitudes impactem quem nos alcança e assim sucessivamente. 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)