Dia da Amazônia - o Ser por trás da floresta

September 5, 2019

 

(Créditos: Tecmundo)

 

Dia 5 de Setembro é celebrado o Dia da Amazônia. A data faz referência a 5 de setembro de 1850, quando o Príncipe D. Pedro II decretou a criação da Província do Amazonas (atual Estado do Amazonas). É interessante pensar que, justamente neste período, muitas manchetes citam a nossa floresta tropical, porém não trazem boas notícias. 

 

Não vamos entrar nas discussões sobre as mentiras espalhadas por todos os lados políticos, que nos deixam como numa brincadeira de bobinho. Já tratamos deste assunto no post O que você tem a ver com as queimadas na Amazônia?” [LINK: ]. Aqui, queremos trazer uma reflexão sobre o que é a Amazônia?

 

Quando falamos da “Amazônia” - não confundir com o estado do Amazonas - pensamos numa floresta que existe no norte do Brasil. Dificilmente se tem uma noção da dimensão desta, que é a maior floresta tropical do mundo, e que cobre a maior parte do território da Bacia Amazônica.  Na verdade, a Amazônia não está totalmente contida dentro do Brasil, apesar de 60% de seu tamanho está em território brasileiro, seus mais de 5 milhões de quilômetros quadrados ocupam áreas do Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e França (Guiana Francesa).

 

A região é o lar de cerca de 2,5 milhões de espécies de insetos, dezenas de milhares de plantas e cerca de 2.000 aves e mamíferos. Até o momento, pelo menos 40.000 espécies de plantas, 3.000 de peixes, 1.294 de aves, 427 de mamíferos, 428 de anfíbios e 378 de répteis foram classificadas cientificamente na região. Um em cada cinco de todos os pássaros no mundo vivem nas florestas tropicais da Amazônia. Os cientistas descreveram entre 96.660 e 128.843 espécies de invertebrados só no Brasil.


A diversidade de espécies de plantas é a mais alta da Terra, tendo até alguns especialistas estimado que um quilômetro quadrado amazônico pode conter mais de mil tipos de árvores e milhares de espécies de outras plantas. De acordo com um estudo de 2001, um quarto de quilômetro quadrado de floresta equatoriana suporta mais de 1.100 espécies de árvores.


Assim, um quilômetro quadrado de floresta amazônica pode conter cerca de 90.790 toneladas métricas de plantas vivas. Até o momento, cerca de 438 mil espécies de plantas de interesse econômico e social têm sido registradas na região, com muitas outras ainda a serem descobertas ou catalogadas. Desta forma, como podemos ver, essa região é um gigante berço de Vida e energia, tendo uma relevância enorme para todo o planeta.


Mais do que nunca, tem se falado sobre a importância de se respeitar o meio ambiente e de preservar a Amazônia da agressão humana. Mas, se pensarmos na floresta como sendo simplesmente um aglomerado de recursos naturais, como uma reserva de água, de madeira, de minérios, de áreas para pasto e para a pecuária, como poderemos desenvolver o respeito por isso? É como tentar desenvolver respeito pelo saco de arroz que está na dispensa da sua casa.

 

(Créditos: Ecycle)

 

 

Fazendo um paralelo, é muito interessante ver como na cultura oriental é natural o respeito por praticamente todas as coisas. Quem assistiu a série da Netflix “Ordem na Casa”, com a  japonesa Marie Kondo, deve ter achado interessante que, antes de iniciar a arrumação na casa das pessoas, ela faz uma breve cerimônia pedindo permissão ao espírito da casa, para poder trabalhar ali dentro.


Os samurais também tinham um grande respeito pela sua espada katana. Eles acreditavam que nela vivia um grande espírito. Por isso, ela jamais deveria ser usada para fins egoístas ou vulgares. Há uma frase que resume bem essa ideia: 

 


“Todo visível e mensurável é a sombra do invisível e imensurável”

 


Talvez devêssemos nos inspirar nessas tradições, e mesmo nos povos indígenas que vivem aqui há milênios, pois estes demonstram um grande respeito pelas florestas, não olhando para elas como simples fonte de riquezas materiais, mas sim como um Ser. Ou seja, as matas, os animais que nela vivem e todas as suas riquezas são partes do corpo de um grande ser vivo. 

 

 (Créditos: Amazônia - Notícia e Informação)

 

A Amazônia deveria ser respeitada, então,  por ser um grandioso e antigo espírito que há milênios permite que nós, seres humanos, possamos nos nutrir, construir e usufruir do que ele nos oferece.
Por outro lado, aqueles que fazem o famoso terrorismo ecológico, que manipulam dados, fotos e notícias sobre a Amazônia para mover a opinião pública de acordo com seus interesses egoístas, igualmente estão desrespeitando este grande espírito.


Neste dia 5 de setembro, façamos então essa reflexão! Vamos tentar encontrar uma forma justa e digna de nos relacionarmos com este grande e maravilhoso Ser que conhecemos como “Amazônia”.

 

 (Créditos: Believe Earth)

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)