O que NÃO é Física Quântica e o que NÃO é Esoterismo?

August 19, 2019

Com certeza você já ouviu falar sobre teorias, terapias, técnicas mentais, curas, treinamentos e até mesmo colchões com a palavra “quântico” no título. Mas será que esse uso da física quântica para explicar essas tantas coisas tem algo de verdadeiro ou não passa de uma estratégia de marketing?
 
Ultimamente temos escutado dizer que a física quântica explica que Deus existe, que o pensamento modifica a matéria, que nós podemos estar em mais de um lugar ao mesmo tempo… isso e várias outras coisas. Mas será que a ciência já explicou tanta coisa assim? Se isto está correto, então porque não vemos tantos cientistas falando essas coisas? Antes de fazer qualquer afirmação, devemos tentar entender, basicamente, o que a física quântica realmente explica.

 

 
O que é a Física Quântica?
A Mecânica Quântica é um ramo da Física que surgiu para explicar os fenômenos que acontecem no nível subatômico, ou seja, no mundo dos elétrons, neutrinos, bósons, etc. E, na verdade, desde quando ela surgiu com Max Planck, ela mais “des-explicou” do que trouxe explicações. 
 
O ponto crucial da mecânica quântica foi compreender que a realidade no nível subatômico não pode ser explicada pelas mesmas teorias que explicam o mundo numa escala visível a olho nu, ou seja, o mundo das coisas do tamanho de carros, de pessoas, de grãos de areia, etc. 
 
Por exemplo, imagine que uma pessoa está sentada numa cadeira na sala de jantar e então vai para o escritório para se sentar na cadeira da escrivaninha. Para ela ir de um lugar ao outro, ela se levanta, caminha alguns passos, passa por alguma porta até chegar no seu destino. Mas se nós pensarmos no nível subatômico, e ao invés de uma pessoa, pensarmos num elétron, o que acontece é que esse elétron passaria de uma “cadeira” para a outra sem percorrer caminho nenhum, ele faria um tipo de teletransporte. E mais do que isso, o elétron não tem como estar em nenhum outro lugar da sala ou do escritório, a não ser nas “cadeiras”. Isso é o chamado “salto quântico”. 

 

 

Outro ponto muito mal compreendido é o Princípio da Incerteza de Heisenberg, que diz que não conseguimos identificar com precisão a localização de uma partícula subatômica, pois a própria observação altera a sua posição. Isso fez com que muitas pessoas pensassem que a física quântica estivesse provando que o pensamento influencia na realidade material. Na verdade, o que Heisenberg quis explicar era outra coisa. Imagine que você está numa sala escura e precisa saber a localização de uma bola de gude, então, você acende uma lanterna e vasculha a sala até encontrar a bola. A bola vai permanecer ali paradinha e iluminada. Pronto! Você descobriu a sua posição. Agora imagine que esta bola de gude é um elétron, uma partícula tão minúscula que é “empurrada” pela própria luz, ou seja, quando você iluminar este elétron com a lanterna, o feixe de luz vai jogar o elétron para outro lugar. Por isso que a sua localização é incerta. Essa teoria não fala nada sobre o pensamento ou o olhar do observador, mas sim sobre fótons, luz e partículas.
 
A ciência nos mostrou que vários destes fenômenos excêntricos existem neste “Universo Quântico”, e que para poder explicá-los, as antigas teorias da física clássica não tem tanta utilidade, ou seja, a Física Quântica nos mostrou o quanto ainda não sabemos sobre os mistérios da Natureza. Sendo assim, não podemos sair por aí dizendo que a física quântica provou tais coisas citadas no início do texto, pois simplesmente não é verdade. Geralmente, os mais céticos dizem que isso é uma tentativa de transformar a ciência em esoterismo, o que é um outro grande problema: Nós também não entendemos o que é esoterismo.
 

 
O que seria então Esoterismo?
Esoterismo não são crenças em poderes paranormais e em teorias conspiratórias. O verdadeiro esoterismo, ou filosofia esotérica, é a busca por compreender a Natureza a partir das suas causas primordiais, daquilo que está dentro, daquilo que é interno, do esotérico. 
 
Helena Petrovna Blavatsky foi uma das maiores esoteristas dos últimos séculos, e foi a responsável por investigar e trazer para o Ocidente diversos ensinamentos guardados em escolas do Oriente e que tinham acesso restrito a pequenos grupos de discípulos aceitos. A compilação disto pode ser vista na sua obra “A Doutrina Secreta - Síntese da Ciência, Religião e Filosofia”, escrita em 1888. 
 

 

 Helena Petrovna Blavatsky

  
Na época ela foi ridicularizada e criticada por praticamente todo mundo, desde os religiosos mais crentes até os cientistas mais céticos. Naquela obra, ela já falava sobre ideias “absurdas”, como a de que toda a matéria está em constante vibração, ou seja, mesmo a mais estática das pedras está, de alguma forma, em movimento. Hoje em dia todo mundo sabe disso, que os átomos são formados por partículas em constante vibração, porém o modelo atômico que considera o movimento dos elétrons só surgiu no século XX com Rutherford. Além disso, vários outros conhecimentos do campo da arqueologia, da religião e da ciência foram antecipados por HPB. Inclusive, algumas pessoas próximas a Einstein dizem que a Doutrina Secreta era uma das obras que ele mais estudava.
 
Muito do que Blavatsky ensinou foi deturpado, e hoje em dia existem inúmeras seitas que se dizem esoteristas por serem inspiradas em seus ensinamentos, porém fazem misturas estranhas de diversas crenças religiosas, com práticas de parapsicologia e tentam justificar tudo com a famosa frase: “Foi cientificamente comprovado pela Física Quântica”.
 
Uma coisa é certa, tanto o verdadeiro esoterismo, quanto a ciência, podem nos ajudar a compreender a natureza das coisas e o funcionamento do Universo, porém não podemos forçar a barra para tentar unir o que não está unido ainda. O poder da mente sobre a matéria, a existência de forças superiores e a existência de consciência fora da matéria são hipóteses bastante razoáveis, principalmente para aqueles que se dedicam à investigação filosófica, porém nada disso foi comprovado pela ciência atual.
 
Se quisermos ter algum progresso, seja no avanço espiritual ou científico, deveríamos focar num simples ensinamento que HPB nos trouxe:


“Não há nada superior à Verdade!”
 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)