Moana

July 12, 2019

O que uma princesa, a cultura Polinésica e a Disney tem em comum? Moana! 
 

 

Um dos desenhos mais recentes dos estúdios Disney, “Moana: um mar de aventuras” retrata a história da princesa Moana que parte numa aventura sozinha, em alto mar, na busca de uma solução para os problemas que sua ilha enfrenta. Além de várias reflexões, através dos nomes e mitos citados no desenho, ao assistir essa obra, passamos a conhecer um pouco da cultura da Polinésia, sua mitologia, tradições e divindades.                                                                                                     

O desenho, por mais lúdico que pareça, traz muitos ensinamentos para a nossa vida e pode servir como uma referência para educar nossas crianças. Um dos maiores ensinamentos que podemos ver, que é a tônica do filme, é de que não devemos fugir de nossas responsabilidades. Moana é a filha do chefe da tribo mas não quer se enxergar no papel que lhe cabe, como futura governante da ilha. Desde criança ela sentia uma ligação com o mar, e durante toda a sua vida sonhava em viajar pelo oceano e conhecer o que existia para além daqueles limites, porém isto era proibido a qualquer habitante da ilha. 

 

 

Há muitos anos no passado, o semideus Mauí havia roubado o coração de Te Fiti, a deusa mãe que cria a vida em toda a Natureza. Isso fez com que Te Kã, um demônio de terra e fogo, surgisse no mundo trazendo morte e destruição.  Quando os habitantes da ilha começam a ser afetados pela falta de cardumes, Moana percebe que o oceano a escolheu para viajar, já que, como futura governante, ela tinha uma responsabilidade com o seu povo. E visando isso, ela aceita a missão de se aventurar mar adentro para encontrar uma forma de salvar o seu povo.

 

Moana aceita o desafio de encontrar Mauí e derrotar o monstro, mas não faz ideia do que vem pela frente, não faz ideia de como enfrentará os problemas. E isto é outro grande ensinamento do filme, pois não podemos nos desestimular ante o desconhecido. Temos que confiar em nós mesmos, na vida, dar o nosso melhor, sempre com muita coragem, como ela faz, e usar todo o trajeto para aprender. E as ferramentas necessárias para enfrentar os desafios virão naturalmente.                                                                                        

 

O seu forte vínculo com sua avó representa o respeito à tradição. E às vezes, por mais difícil que seja a situação, a melhor solução está em resgatar a memória de uma civilização, está na sua tradição… Moana redescobre a origem do seu povo e se inspira nos seus antepassados para seguir à batalha final.

 

E ao final, após enfrentar vários desafios, aprender com a adversidade e superar a si mesma, Moana conquista experiência suficiente para se tornar Mestre de navegação, e ensinar ao seu povo a navegar e desbravar os oceanos novamente. 

Todos nós precisamos de mestres em algum grau, alguém que com sua experiência de vida pode nos ajudar a enfrentar caminhos que estão por vir, e por causa disso, em algum grau, todos podemos ser mestres de alguém.

 

Que possamos nos inspirar com esta bela história e conquistar a coragem de Moana para as nossas vidas!
 

 
“Eu sou Moana de Motonui. Vou embarcar no meu barco, cruzar o oceano e restaurar o coração de Te Fiti.”
 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)