Todos Nós Somos Jardineiros

January 16, 2019

 

“O meu corpo é um jardim, a minha vontade o seu jardineiro” William Shakespeare.

Ao ler essa frase ficamos um pouco intrigados e reflexivos sobre o que ela quer nos passar, não é mesmo? Somos jardineiros? Como assim? Essas não seriam apenas aquelas pessoas que mexem com a terra e cuidam dos jardins? Pois bem, vamos entender um pouco o que essa frase de um dos gênios da Humanidade tem a nos dizer e descobrir porque somos jardineiros, pois, apesar de não sermos muito conscientes disso no nosso dia-a-dia, todos nós somos jardineiros em nossas vidas. Agora você deve estar ainda se perguntando: Como assim? Jardineiro? Mas eu sou advogado, médico, administrador, dona de casa, etc. É, sabemos que você pode estar um pouco confuso, por isso vamos lhe mostrar que você é sim esse profissional.

 

Comecemos com a missão ou objetivo principal desta profissão. O jardineiro tem como grande missão cuidar do seu jardim, para que este possa oferecer para o mundo todo o seu potencial, sendo fonte de Beleza e Energia. Do mesmo modo, todos nós seres humanos, nascemos com um corpo e uma personalidade que nos possibilitam viver, e a isso poderíamos dar o nome de nosso “jardim”. Ao longo da vida, devemos cuidá-lo e podá-lo, para que possamos oferecer para o mundo todo o nosso potencial, sendo fonte de Amor e de Inspiração para os demais. Quando falamos de potencial humano, não estamos falando simplesmente em ganhar dinheiro, ter filhos, construir uma família, conquistar um cargo ou uma namorada, estamos falando de um potencial maior e mais profundo que existe dentro de cada um de nós, e que está ligado ao desenvolvimento de valores e virtudes. Essa semente existe dentro de todo ser humano, só que em uns, esse potencial está mais desenvolvido, e em outros, menos. Por isso, a nossa grande missão, assim como a do jardineiro, é cuidar dessa semente para que ela brote e dê seus frutos. Afinal, esse é o grande objetivo do ser humano, cultivar dentro de si e expressar na vida valores próprios do Homem, que só nós humanos possuímos, nos tornando assim, a encarnação do Bem, da Beleza e da Justiça.

 

Agora, vamos falar um pouco do trabalho desse profissional. O jardineiro precisa todos os dias regar, dar carinho, dar atenção, podar e limpar o seu jardim para que ele cresça saudável. Além de ter que ficar muito atento às ervas daninhas que podem atacar, e caso elas apareçam, ele deve cortá-las pela raiz, sem dar chance para que elas se alastrem novamente. Por isso, podemos dizer que trata-se de um trabalho constante e diário, que requer muita atenção e dedicação. Você deve estar se perguntando agora: Ué, mas isso que eu acabei de ler não seria o nosso trabalho, de todo ser humano? E é isso mesmo! Você está certíssimo. Nosso trabalho aqui na Terra também é buscarmos, diariamente, alimentar e regar essa sementinha humana que temos dentro de nós. Mas, como podemos fazer isso? Acreditamos que não existe uma fórmula exata, como temos nas equações de matemática, mas temos dicas que podem nos ajudar nesse desafio. Procurar se manter sempre em contato com boas leituras, que falem desses potenciais de virtudes do homem; procurar escutar boa músicas, que expressem a harmonia da vida; procurar estar com pessoas que procuram viver essas ideias; procurar se alimentar de forma saudável para que o seu corpo possa ser um canal de expressão dessa sementinha, são alguns caminhos que podem nos ajudar nesse trabalho árduo e diário.

 

No entanto, regar, dar carinho e atenção é apenas uma parte do trabalho, pois também precisamos tomar cuidado com as ervas daninhas. E o que seriam elas para o homem? Você lembra que no início do texto falamos que nascemos com uma personalidade e um corpo? Pois bem, essa personalidade e esse corpo encarnam na vida com milhões de debilidades, uns mais preguiçosos, outros mais gananciosos, outros mais medrosos, outros mais críticos, etc, o que torna o nosso trabalho como jardineiros mais desafiante. E o nosso desafio maior consiste em criarmos um ambiente propício para que a nossa sementinha se desenvolva, cresça e dê frutos. Para isso, precisamos, ao longo da vida, moldar essa nossa personalidade de modo que as suas características não atrapalhem no florescimento de todo potencial humano que existe dentro de nós, e assim, a preguiça não vença a vontade de ajudar o próximo, a crítica não vença o Amor, a ganância não seja maior do que a União e o “mal” não vença o Bem no nosso interior. Além desse fator particular de cada um, temos todo um conjunto de coisas na sociedade que alimentam e nos puxam para viver esses aspectos mais débeis do homem. Todo o culto que se faz hoje à competição, à concorrência, à separação de grupos na sociedade, à criação de falsos padrões de beleza, à criação de falsos padrões de felicidade, são exemplos de dogmas que estimulam a manutenção das debilidades de cada um.  Diante disso, podemos dizer que as “ervas daninhas” seria tudo que atrapalha o Homem a expressar o seu potencial humano, ou seja, tudo que impede o crescimento da sementinha seria um “mal”. Por isso, o nosso trabalho é muito difícil e requer uma dupla atenção, pois as “ervas daninhas” podem prejudicar o nosso jardim, brotando plantas venenosas tanto dentro de nós mesmos, quanto podem vir, sorrateiramente, de fora, e se instalarem nele.

 

Mas, um fator muito importante e que o grande filósofo Confúcio nos lembra bem através de uma de suas frases é que: “Não são as ervas más que afogam a boa semente, e sim a negligência do lavrador”. Por isso, a responsabilidade pelo crescimento ou não dessa semente é toda nossa. Não adianta culpar a sociedade, o Estado, a sua família, e até a sua genética pela sua flor não estar brotando. Desenvolver os nossos potenciais humanos é uma questão apenas de Vontade interna, trabalho constante e atenção diária. E, por mais que sejam muitos os seus desafios, não desista, e lembre-se sempre que o bom jardineiro precisa amar o seu jardim para poder fazer ele florescer. A nossa personalidade e o nosso corpo, por mais defeitos que tenham, são as ferramentas que temos para cumprir com o nosso papel humano, por isso, devemos amá-las, pois precisamos delas na nossa caminhada. E cada um de nós tem exatamente aquilo que precisa para crescer. Nunca é nos dado um peso maior do que o que podemos carregar. Assim, se sua personalidade veio com a preguiça mais acentuada, saiba que através da sua determinação e vontade você é capaz de dominá-la, e, ao final, você sairá dessa experiência mais forte e com seus potenciais humanos mais desenvolvidos, pois você precisava enfrentar e dominar justamente a preguiça para crescer.

Para ilustrar um pouco esse amor que precisamos ter pelo nosso jardim, nada melhor do que uma poesia feita por um jardineiro:

 

Oração do Jardineiro

 

“Obrigado Senhor

Por me dar essa flor.

 

Pra eu com carinho cuidar

Todo meu amor dedicar.

 

Regá-la com carinho

Amor e compreensão.

 

E em meu jardim

dar a ela toda minha

Atenção.

 

Dia após dia

Dar-lhe alegria.

 

Cuidar para ela nunca morrer

E nunca, jamais a esquecer.

 

Te agradeço por essa bênção

E em mim esse cuidado confiar.

 

Te agradeço por essa missão

De pra todo sempre ela amar.

 

Obrigado Senhor

Por me dar essa linda flor.

Amém!!!”

Carlos Correia

 

Por fim, qual seria a realização de um jardineiro? De onde vem a sua verdadeira felicidade? Bem, acho que todos nós já vimos algum jardineiro trabalhando, não é mesmo? E acho que fica muito claro para todos que o jardineiro se realiza pelo simples fato de estar em contato com o seu jardim, com a terra, com as plantas, ou seja, por estar trabalhando, pois ele ama o que faz. Mas, o fato de poder tocar as pessoas através da Beleza é o fator que move essa profissão. Amar o Belo   e o ser humano é essencial para vida de um bom jardineiro. E sua maior felicidade consiste em levar um pouco de Beleza (do Sagrado) para os corações humanos.

 

Depois dessa bela inspiração, como poderíamos definir qual seria a verdadeira realização humana? Qual seria a fonte da nossa felicidade? A exemplo do jardineiro, o homem encontrará a sua verdadeira felicidade quando fizer brotar a sua semente humana, colocando-a a serviço de toda a humanidade. Quando ele se aproximar um pouco mais do Bem, da Justiça, da Beleza, da Generosidade, da Inteligência, do Amor, ou seja, dos arquétipos humanos, ele encontrará a fonte de toda a felicidade, e sentirá uma plenitude tão profunda que ele terá certeza que escolheu o caminho certo, pois a felicidade se apresentará durante a caminhada, e não na linha de chegada. Está muito longe de nós sermos totalmente bons, justos e generosos, por exemplo, mas sermos um pouco mais disso a cada dia é que consiste no nosso trabalho, na nossa realização e na nossa felicidade. Todos nós estamos aqui para desenvolvermos esses nossos potenciais e nos colocarmos a serviço dos demais, basta apenas entendermos isso e querermos viver. Ser jardineiro de nós mesmos é a nossa principal função na vida. Não há nada mais importante do que isso. Estamos vivendo para isso!

 

Assim, podemos dizer que o dia 15 de dezembro, além de ser o Dia do Jardineiro, é também o dia do ser humano, como bons jardineiros que somos ou que deveríamos ser. Temos muito o que aprender com essa linda profissão. Ensinamentos práticos que nos ajudam na nossa missão de jardineiros da nossa própria vida. Observar, aprender e respeitar o outro é uma das chaves para o nosso crescimento. Que nos inspiremos assim, nos jardineiros das praças, das ruas, das casas, para que possamos despertar e construir um excelente jardineiro dentro de cada um nós, lembrando sempre que o Amor é a grande chave da vida, por isso, por mais que esteja morto, sujo e envenenado o seu jardim, não desista, aprenda a amá-lo e você verá que o potencial para torná-lo um belo jardim está dentro de você mesmo.

 

 

Só através do florescimento dessa semente em cada um nós é que será possível transformar a humanidade. Se cada pessoa se compromete em desenvolver a sua semente, com certeza, teremos um mundo mais humano e fraterno. Para mudar o mundo precisamos mudar a nós mesmos, sem isso não conseguiremos. Por isso, pegue sua enxada, seu alicate, seu balde, seu amor, sua atenção e mãos à obra!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)