Um Game para Refletir sobre Vida e Morte

July 13, 2018

 

 Por que tememos tanto a morte, se ela é a única certeza que temos em vida? Se soubermos interpretá-la, pode tornar-se algo belo. Afinal, é o término de um ciclo: nós nascemos, vivemos e morremos. Assim como em um filme, que começamos assistindo já sabendo que haverá um fim, com a nossa vida ocorre a mesma coisa. O que torna o desfecho da obra brilhante, são os rumos que a história toma e a capacidade que ela tem de tocar os espectadores. Você assistiria um filme sobre sua vida?

 

O game desta semana é justamente sobre isso! É um cativante storytelling sobre vida e morte que, ao final, deixa-nos maravilhados, além de nos fazer refletir sobre nós mesmos e como lidamos com nossos medos, principalmente o medo do fim. Em "What Remains of Edith Finch", nós estamos na pele de Edith, a última sobrevivente da amaldiçoada família Finch que, após a morte de sua mãe, volta à velha casa da família, onde viveu parte de sua infância.

 

 

 

Aos poucos Edith vai mergulhando na história de seus ancestrais e encontra a oportunidade de ver os últimos momentos de cada um deles, pensar na vida e entender o que levou sua mãe a ser superprotetora. Enquanto isso, conforme as histórias são contadas e vão ficando mais complexas, nós jogadores notamos que há um padrão na forma de vida e de morte dos familiares. Mas deixaremos que você jogue e tire suas próprias conclusões.

 

Também deixamos aqui mais uma reflexão: o que você mudaria em sua rotina, se conseguisse prever exatamente o dia da sua morte, mas não a causa e nem a hora? Viveria a vida intensamente, repararia mais o mundo à sua volta, faria de tudo para deixar sua marca para as gerações futuras, ou viveria à sombra do medo? Nós não temos o dom de evitar a morte e viver para sempre, em compensação, podemos viver da forma mais intensa possível, fazendo cada dia valer a pena, para que nossas histórias deixem marcas nas pessoas à nossa volta!
 

Como dissemos no review de "Figment", na semana passada, “todos temos nossos temores e não há por que ter vergonha de admitir”. Cada pessoa os enfrenta de uma maneira, uns tentam evitar correr riscos, enquanto outros correm riscos para fingir uma valentia e tentar encobrir um medo. Estes comportamentos ganham destaque em "What Remains of Edith Finch" e isso nos faz pensar em outro caso, também comentado no post de "Figment", das pessoas que “reconhecem o poder que o medo tem, por isso não o desprezam, mas sempre buscam formas de superá-lo”. Se não estiver mais aguentando esperar, veja os primeiros minutos do jogo no gameplay a seguir.

 

 

 

 

"What Remains of Edith Finch" mostra que a vida é, ao mesmo tempo, complexa e bela. Além de nos mostrar que não temos poder sobre algumas coisas, como, por exemplo, a morte, restando para nós, apenas, a busca por uma vida plena e feliz. Desta forma, viver sob a luz das Virtudes e da Justiça é o que nos garante tranquilidade e plenitude, até mesmo no fim dos nossos dias.

 

Você pode jogar "What Remains of Edith Finch" no PlayStation 4, Xbox One, ou baixar para o seu computador com Windows na Steam Store.

 

Jogue por alguns minutos e reflita por alguns dias!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)