Descubra o Poder das Palavras

June 29, 2018

 

Você é daquelas pessoas que conversa com suas plantas todos os dias, escolhe um nome para os objetos pessoais e se despede da casa ao sair? Ou é do time dos que não fazem nada disso porque acham que é coisa de maluco? Bem, se você não faz nada disso, e nem acredita, cuidado, pois as palavras têm poder! 

   

Assista o vídeo que retrata o experimento feito com arroz, pelo japonês Masaru Emoto. Um experimento simples e objetivo para mostrar, de forma prática, a influência das palavras no ambiente. São colocados 3 recipientes idênticos, com a mesma quantidade de arroz e água, e durante 1 mês, dois recipientes são submetidos a diferentes palavras: "obrigado" e "idiota", e o terceiro recipiente, como um grupo controle, não é submetido a nada. Após o período definido, o arroz que recebeu o "obrigado" começou a fermentar, o arroz que foi "xingado" entrou num processo de apodrecimento e o arroz que foi ignorado mofou. Com esse experimento, Masuru quis mostrar a importância das palavras, que elas carregam intenções e um verdadeiro poder que pode ser visualizado através dos efeitos causados nos objetos a que se dirigem.

 

 

 

Muitos podem questionar a veracidade do vídeo, a eficácia do experimento, se o tempo proposto realmente foi aplicado ou se teve algum intervalo maior que não foi mostrado no vídeo. Será que o local em que cada recipiente de arroz ficou foi diferente? Será que não foi isso que influenciou no processo? Será que o arroz que mofou ficou num local mais escuro e úmido da casa, diferente do arroz que fermentou? 

 

Nossa resposta é: experimente! Faça o teste em casa! Pode ser com o arroz, com uma planta... Verifique se com diferentes palavras ditadas diariamente a estrutura daquele ser vai sofrer alterações. E faça também o experimento na sua vida! 

Observe as palavras mais comuns no seu vocabulário: são palavras boas ou palavras negativas? Você costuma fazer mais elogios ou xingamentos? Se com o arroz, que não tem sentimentos, as palavras surtiram tantos efeitos, imagine com a nossa mente, nossas emoções, e as emoções de quem dialogamos. Passe um mês chamando uma pessoa de "fracassado", independente do que ela faça, como você acha que irá se sentir no fim da experiência, após repetir tanto uma palavra negativa? E a pessoa que ouviu? Imagine como ela ficará abatida e sem fé em si mesma. E se passássemos um mês falando "obrigado" a todos com quem nos relacionamos, em todas as ocasiões? Com certeza, nos sentiríamos bem ao final do mês.            

                                     

Experimente usar palavras que representem ideias bonitas, que inspirem e que alegrem o ambiente. Que tal preencher o ar da sua casa com uma leitura em voz alta de Shakespeare ou Marco Aurélio? Usar mais palavras como "bom", "obrigado", "parabéns", "amor" nos seus diálogos, e menos "horrível", "odeio", "ruim", "nojo", etc? Tenha cuidado com uma conversação vã, com palavras sem significados e ditas de qualquer forma, e não as torne um vício de linguagem. Se nos acostumamos a repetir palavras vazias ou pesadas, feias e grosseiras, também podemos nos acostumar a usar palavras boas, belas e justas.

 

Nos identificamos tanto com os filmes dos super-heróis e a ideia de ter superpoderes. Por que não encarar nossas palavras como nossos superpoderes? Vamos usá-las para fazer o bem e mudar o ambiente a nossa volta. O vídeo mostra claramente a capacidade de transformação gerada pelas palavras! Quem diria que algo simples como falar poderia nos ajudar a melhorar as nossas vidas? Vamos usar as palavras com consciência e profundidade! Como diz o provérbio oriental: “Quando falares, cuida para que tuas palavras sejam melhores que o silêncio”. 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)