Os Elementos da Natureza Como Você Nunca Viu!

November 10, 2017

 

Terra, água, ar e fogo são os quatro elementos da natureza. Mas existe mais um que pode estar em você. Quer saber qual é? A fotógrafa Kenia de Aguiar Ribeiro vai te fazer apreciar  e pensar sobre esses elementos nesta compilação de fotos!

 

Apesar de estarem presentes em nosso cotidiano, foi necessário que obras filosóficas, literárias e artísticas abordassem os quatro elementos da natureza - terra, água, ar e fogo - para então nos fazer refletir sobre eles. Se você ainda não parou para contemplar a rigidez da terra, a paz que a água pode proporcionar, a suavidade do ar e a imponência do fogo, nunca é tarde para começar. Nos próximos dias iremos entrar em contato com os quatro elementos que formam tudo o que é material, mas principalmente com o quinto elemento, que não se vê, não se toca, mas sempre se faz presente em tudo o que existe. Hoje contemplemos a simples beleza de frutos sobre a terra fértil do cerrado brasileiro. 

 

 "Quando estiveres tomando banho, exercita, durante todo o tempo, a tua vontade, para que as tuas impurezas morais sejam levadas pela água juntamente com as demais impurezas do teu corpo". Essa frase de Helena Blavatsky nos apresenta muito bem a água como elemento purificador e renovador. Além disso, como símbolo feminino, é fonte de vida e também de leveza e eficácia no enfrentamento dos obstáculos. Fica aqui uma sugestão: na próxima chuva, ao invés de reclamar do tempo, vamos refletir sobre tudo o que precisa ser purificado no mundo e, principalmente, em nós mesmos. Foto em Fontainebleau, França.

 

O ar, composto essencialmente por 78% de nitrogênio, 21% de oxigênio, 0,94% de Argônio, 0,03% de gás carbônico e 0,0015% de Neônio, é o terceiro elemento da nossa galeria. Apesar de possuir peso e ocupar espaço na atmosfera, ele é invisível aos olhos, não possui cor nem cheiro e não podemos tocá-lo, e ainda assim é fundamental para que haja vida em nosso planeta. Sem ele não haveria fogo, não haveria água e a terra também não seria a mesma. O ar também pode ser comparado à esperança, que apesar de não poder ser vista ou tocada, é o que nos motiva a continuar seguindo atrás de nossos sonhos. Este belo clique foi feito no Deserto da Galileia.

 

No quarto dia da série sobre os elementos da Natureza, falaremos do fogo, um elemento que costumava ser celebrado pelas civilizações mais antigas e que pode ser também considerado como a primeira energia natural utilizada intencionalmente pelo Homem. O indício mais antigo de uma fogueira que se tem notícia foi encontrado às margens do Rio Jordão e estima-se que tenha sido feita há 790 mil anos atrás. Segundo um antigo mito grego sobre a criação, o Titã Prometeu foi encarregado de distribuir as habilidades específicas para todos os seres que habitam a Terra - velocidade, camuflagem, força, etc. Infelizmente não sobrou nenhuma para a sua criatura preferida, o Ser Humano. Prometeu decide então dar ao Homem algo que somente os Deuses possuíam: o Fogo Sagrado, que simboliza a Mente. Por causa dessa ousadia, o Titã ficará acorrentado por toda a eternidade, ou até que os homens aprendam a fazer bom uso desse presente. Sobre o aspecto material do elemento fogo, nós já temos muita experiência, mas e sobre o "Fogo" mais sutil? Quando iremos aprender a utilizá-lo para o Bem? 

 

De tempos em tempos a Natureza faz questão de demonstrar o quão poderosa e grandiosa ela é. Num momento há paz e no outro ela une dois ou mais elementos e prova que se for de sua vontade, nada é capaz de dete-la. E nós, humanos, precisamos compreender que aqui somos apenas hóspedes. Apesar de termos liberdade para fazer o que quisermos, precisamos respeitar a Natureza, pois quando ela quiser, irá provar que diante de seu poder, não somos tão importantes quanto imaginávamos. Agradecemos a @kenia.aguiar.ribeiro, por esta foto de uma tempestade de areia em Brasília.

 

A relação entre os quatro elementos é tão intrigante, que muitas vezes nos faz acreditar que são realmente seres vivos, que há uma energia maior dentro deles. Isso fica verdadeiramente nítido com a paz e calmaria que sempre surgem após as tempestades. E, para nós seres humanos, só resta admirar todo o poder da Natureza e sua capacidade de ficar em harmonia, mesmo depois de um conflito. Se prevenir contra as tempestades da vida, mas também aproveitar os períodos de serenidade, são formas de se harmonizar com a Natureza. 

 

Os quatro elementos da Natureza são incríveis e juntos forjaram o planeta em que vivemos. Mas nada disso seria possível sem o Quinto Elemento. Ao mesmo tempo que sua existência foge da compreensão humana, toda vez que olhamos para o céu e nos questionamos sobre o sentido da vida, bem como ao admirar um pôr do Sol e também quando fazemos o Bem ao próximo sem esperar nada em troca, estamos de alguma forma tentando buscar um contato com ele. Atitude semelhante a dos egípcios quando erguiam templos e pirâmides, ou quando, na França, ergueram a Catedral de Notre-Dame. O Quinto Elemento se diferencia dos outros quatro pois não pertence ao mundo material, mas sim ao mundo Espiritual (ou como você queira chamar). Há um ditado antigo que diz: "Algumas coisas não são para a mente, são para o coração” e essa com certeza é uma delas. Agradecemos a @kenia.aguiar.ribeiro por mais esta incrível foto.

 

Se você quiser conferir mais fotos desta galeria, é só clicar aqui!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)