Qual Será o Futuro do Sistema Solar?

September 27, 2018

 

O que os anos de 1910, 1982, 1997, 1999, 2000, 2008, 2012 e 2013 têm em comum? Se você disse que foram anos em que o mundo deveria ter acabado, pelo menos de acordo com a previsão de alguns astrólogos, astrônomos, filósofos, estudiosos, supersticiosos ou curiosos, acertou. E pode ter certeza, essas não foram nem as primeiras nem as últimas previsões, na verdade, todo ano aparece alguém afirmando que o fim está próximo. Mas fiquem tranquilos, o mundo ainda tem muito tempo de vida pela frente e, a menos que consigamos a proeza de destruir o planeta por conta própria, você provavelmente não irá presenciar o seu fim.

 

Por hora, sejamos otimistas e vamos supor que a humanidade se comporte bem e consiga preservar a vida do nosso amado planeta. O sistema solar que fazemos parte existe há tanto tempo, que é até difícil de imaginar a sua “não existência”, ou mesmo que um dia sofrerá uma mudança tão drástica ao ponto de alterar o planeta em que vivemos, acabando com qualquer forma de vida existente. Pode parecer difícil, mas isso é inevitável. Querendo ou não, o Sistema Solar, da forma como conhecemos hoje em dia, está com seus dias contados. Ok, não exatamente dias, mas anos… Bilhões de anos, cerca de 5 bilhões. Então, se vocês estavam preocupados com o fim do mundo, podem ficar tranquilos, porque ainda vai demorar um pouco para isso acontecer.
 

Tudo tem um início, um meio e um fim, e isso não se resume aos seres vivos, vide as estrelas. Basicamente, elas nascem do encontro entre poeira espacial e uma gigantesca nuvem de gás, que passam a se concentrar. Depois de formada, a estrela começa a queimar os mesmos gases que foram responsáveis pelo seu nascimento: primeiro o hidrogênio e depois o hélio. Quando não há mais gás, a estrela começa a queimar os elementos mais pesados, como por exemplo o ferro, até que ela não consiga mais suportar o peso das camadas ao redor do núcleo e exploda. Esse ciclo pode levar desde um milhão, até trilhões de anos para se concluir.
 

Por também ser uma estrela, nosso Sol passa pelo mesmo ciclo, que chegará ao fim, em cerca de dez bilhões de anos. Mas, isso não quer dizer que tudo ficará tranquilo por todos esses anos. Estima-se que, em 5 bilhões de anos, ele terá queimado todo o hidrogênio e passará a queimar o hélio. E então, as coisas começarão a ficar quentes para a Terra. O vídeo do canal, Ciência Todo Dia, explica esse e outros acontecimentos de forma bem detalhada, inclusive, o que aconteceria se hipoteticamente conseguirmos mudar a órbita da Terra no espaço. Dê o play no vídeo a seguir e tenha uma verdadeira aula.

 

 

Mas atenção!
Não é porque nem a nossa geração, e nem as seguintes, assistirão a este acontecimento, que devemos viver despreocupados. Mais do que nunca, devemos ter consciência sobre nossas atitudes com o planeta. Precisamos aprender a respeitar e a preservar o que temos. Se por um lado, o Sistema Solar irá continuar como está por bilhões de anos, por outro, a Terra está em constante mudança. Como falamos no post “Como a Energia Está Mudando a Humanidade”, todos os dias estamos extraindo mais e mais recursos do meio ambiente. Se não tivermos atenção, num futuro não muito distante, não haverá mais o que explorar no planeta, e o mundo como conhecemos chegará ao fim.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Please reload

Please reload

Siga essa Idéia

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Você também vai gostar
Please reload

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)