A Meditação Vai Fazer Parte do Nosso Dia a Dia


Você tem a sensação de que as horas do seu dia estão passando cada vez mais rápidas? Já se perguntou que dia da semana é hoje? Impossibilitadas de responder a essas perguntas pela correria do dia-a-dia, as pessoas ficam tão focadas em cumprir suas metas diárias que perdem a nossa de tempo e espaço. Com essa rotina, acabam o dia estressadas, cansadas e sem o precioso tempo para se dedicarem a si mesmas.

Esse fenômeno não é novo, mas também se intensifica nos dias atuais por causa da hiperconexão nas Redes Sociais e a quantidade de informações que são processadas diariamente pelo cérebro. Esse tipo de comportamento vem desencadeando problemas de saúde mental e física, além da diminuição de produtividade.

Para tentar resgatar o indivíduo desse modo de vida, a ciência e a espiritualidade se unem através da meditação. Essa prática, que não precisa ser realizada com base em religiões, vem ganhando protagonismo em pesquisas e reportagens como uma alternativa e, ao mesmo tempo uma solução, para essa agitação a todo tempo em nossa mente.

Como uma prática diária, a meditação traz sete benefícios:

1- Ajuda no desenvolvimento do cérebro; 2- Melhora a saúde e bem-estar; 3- Melhora nossas emoções; 4- Neutraliza dores físicas; 5- Ajuda a superar hábitos ruins; 6- Aumenta a concentração; 7- Torna você muito mais feliz.

Todos esses benefícios citados acima são explicados detalhadamente no vídeo abaixo, reforçando o fato de que a meditação pode e deve ser inserida no nosso dia a dia.

Se você é uma pessoa agitada ou não tem uma familiaridade com a meditação, não se assuste! É possível realizar a prática mesmo possuindo essas características. Para facilitar, você pode assistir à aula abaixo, voltada para iniciantes, com quatro passos essenciais para começar a meditar. As instruções são transmitidas por Amanda Dreher, autora do livro “Meditar Transforma”.

Para finalizar, desejamos “que o amor que existe em nós saúda o que existe em você”. Essa saudação é traduzida gestualmente quando colocamos uma palma da mão sob a outra e falamos “Namastê”. Esse cumprimento asiático, bastante comum em meditações, é uma forma de você reconhecer a essência que existe no outro. É uma troca de empatia.

DIFICULDADE COM AS LEGENDAS?

Caso você não saiba ativar as legendas nos vídeos do youtube, clique aqui para acessar o tutorial.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Procurar por Tags
Histórico de publicações
Siga essa Idéia
Você também vai gostar

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)