Inspiração:
Dom ou Conquista?

Quando falamos de Inspiração, nos vem logo à mente as grandes obras de artistas e gênios da humanidade, e junto a isso, surge um desejo de fazer algo parecido que possa expressar o melhor de nós para as pessoas. Mas, nossa mente concreta corta logo o nosso sonho, nos dizendo que essa tal de Inspiração não é para qualquer um, pois apenas alguns são escolhidos para possuir esse dom. Será que é isso mesmo? De onde vem a Inspiração? O que ela é?

 

Quando estudamos um pouco os grandes criadores, suas obras e seus ensinamentos, nós podemos perceber que a Inspiração não se trata de algo racional, que possa ser entendido e explicado pela nossa mente concreta. Por isso, é tão difícil para nós entendermos ou aceitarmos os grandes gênios da humanidade. A Inspiração está intimamente ligada à Intuição, que por sua vez, é um elemento Divino. Divino? Como assim? Então os artistas e gênios são Deuses? Vamos entender um pouco melhor essa ideia.

 

A tradição Hindu desenvolveu uma visão do homem, que passou a ser utilizada por diversas culturas antigas, permanecendo válida até hoje. Eles diziam que o homem era constituído de 7 componentes, que correspondiam aos diferentes motores que o animam. Esses elementos seriam nossos corpos: Físico, Energético, Astral, Mente de desejos, Mente pura, Intuição e Vontade, como exposto no quadro abaixo.

Além de nos elucidar sobre a nossa constituição, eles nos mostraram que os nossos corpos podem ainda ser divididos em dois grupos: um conjunto de corpos mais densos, que compõe a nossa personalidade, e um conjunto de corpos mais sutis, que fazem parte de uma tríade que existe dentro de cada ser humano, sendo essa tríade, o nosso elemento Divino. Assim, ao olhar o esquema, já podemos ter esperança de conquistar a inspiração, uma vez que a Intuição é um desses elementos. Desta forma, todos nós a possuímos, resta-nos apenas saber como acessá-la.

Diante disso, podemos dizer que o mistério do despertar da Inspiração está dentro de cada ser humano, sendo um processo particular e individual, que pode ser conquistado por qualquer um de nós. Mas, que caminho é esse? Como podemos trilhá-lo? Comecemos com um exemplo: Imaginem um cano grosso que está ligando uma fonte de água ao abastecimento de uma casa. Para que ele cumpra a sua função, ele precisa estar limpo, sem tralhas ou sujeiras, pois, caso não esteja, o caminho para a passagem da água ficará obstruído, dificultando que ela chegue ao seu destino, e cumpra com a sua função.

Assim como o cano do exemplo acima, o Ser Humano foi criado para cumprir uma função e exercer um propósito. Descobrirmos esse propósito é a grande chave para iniciarmos o caminho para a conquista da Inspiração. E, se pararmos um pouco para refletir e observar a natureza, a resposta chega em nossa mente de forma natural. Vale a pena testar e descobrir você mesmo qual o seu papel!

Tudo encontra-se ligado na natureza, e todos nós fazemos parte de um único "organismo". Ao Ser Humano, lhe foi dado a capacidade de pensar e, consequentemente, de fazer suas próprias escolhas. Por isso, podemos dizer que a evolução do homem se dá de forma consciente, ou seja, para ele evoluir e crescer, ele precisa escolher isso. 

E o que seria evoluir? Poderíamos dizer que evoluir é cumprir com o propósito, ou seja, atingir o objetivo para o qual foi criado. Por exemplo, uma planta cumpre sua função quando realiza a fotossíntese, e assim, ajuda o todo no qual ela está inserida. Só que no nosso caso, seres humanos, a Natureza nos criou esperando algo um pouco mais elaborado de nós. Como dito acima, nós recebemos a chispa mental, e com isso, uma responsabilidade maior. Não nos basta apenas comer, dormir, produzir alimentos, trabalhar, procriar, pois tudo isso os outros animais da natureza também já fazem. Então, o que será que esperam de nós? Simples. Que sejamos Seres Humanos, com todas as potências que essa palavra carrega. Ser Homem, exige que desenvolvamos certos elementos mais sutis que nos são próprios, que precisam de esforço e Vontade para que sejam desenvolvidos: as nossas Virtudes. Todos nós possuímos, em potência, todas elas, basta que despertemos e trabalhemos para desenvolvê-las. Lembrando sempre que temos que estar dispostos a abandonar apegos, vícios e elementos negativos da nossa personalidade, para que a nossa parte mais divina possa se expressar. 

 

Agora que já sabemos que o nosso papel encontra-se em expressarmos cada vez mais os nossos elementos mais Divinos, desenvolvendo nossas Virtudes, e nos tornando cada vez mais Humanos, voltemos ao nosso exemplo. Para que possamos fazer com que a nossa função seja cumprida, precisamos nos tornar "canos" limpos e organizados, permitindo que, por eles, passem esses elementos mais sutis. Se os nossos veículos estiverem entupidos, não conseguiremos desenvolver nossas Virtudes e, consequentemente, não teremos contato com o Sagrado em nossas vidas. Por isso, a primeira coisa que precisamos fazer é limpar nossos corpos, tirar deles toda a sujeira que existe. Por exemplo, precisamos prezar pelo o que comemos, buscando ter uma alimentação saudável; devemos nos exercitar para ter um corpo forte e uma boa saúde; precisamos cuidar das nossas emoções, buscando selecionar melhor o que ouvimos, o que lemos e o que vemos; e também devemos cuidar da nossa mente, buscando evitar pensamentos negativos, procurando alimentá-la com pensamentos mais altruístas. Feito esse primeiro passo, que devemos saber que é bastante difícil, e exige de nós um esforço diário, a nossa parte mais Divina encontrará espaço por onde fluir, e assim, conseguiremos expressá-la na nossa vida. 

 

Mas, e a Inspiração? A Inspiração, por estar intimamente ligada a Intuição, é também um elemento Divino, ligado à nossa tríade. Por isso, à medida que abrirmos o nosso canal de conexão com os ideais, com o mundo das ideias perfeitas, e quisermos de coração vivê-las, o contato se estabelecerá e a Inspiração surgirá em nossa vida. Podemos não achar uma resposta exata para um problema, ou podemos não conseguir fazer uma obra tão grandiosa como outros artistas fizeram, mas teremos a maravilhosa sensação que todos eles experimentaram: a de ter entrado em contato com o Sagrado.

Assim, podemos dizer que a Inspiração é muito mais uma conquista do que um dom. Só depende de nós abrir, ou não, o canal para que ela possa se plasmar. Aberto o canal, veremos que as respostas para os problemas da nossa vida virão, e teremos criatividade, discernimento e sabedoria para superá-los, nos tornando grandes artistas e gênios da nossa própria história. Porque a Inspiração, antes de ser uma ferramenta dos amantes da arte, ela é uma ferramenta essencial do Ser Humano, que precisa ser desenvolvida, para que ele cumpra com o seu propósito.

O objetivo do nosso trabalho com a Feedobem é servir como fonte de inspiração, para que você possa ter contato com esse elemento mais elevado e Divino que existe em você, e que assim possa servir à humanidade através da prática do Bem e das Virtudes, cumprindo com o propósito humano.

Inspirar para transformar é o nosso lema!

© 2017 por "Equipe Feedobem". Orgulhosamente criado pela Feedobem

    Gostou do nosso portal? Nos ajude a elaborar artigos e

conteúdos cada vez melhores para vocês. ;-)